Novidades da Aperam

Workshop de Apicultura recebe cerca de mil participantes em Itamarandiba

03/04/2017

Representantes estaduais, autoridades do Vale do Jequitinhonha, estudantes e apicultores se reúnem em evento realizado pela Aperam BioEnergia, Fundação Aperam Acesita em parceria com associações

Com o objetivo de manter a apicultura em evidência e atuando em rede, a Aperam BioEnergia através da Fundação Aperam Acesita, em parceria com a Associação Apícola de Itamarandiba (Apita) e a Associação de Apicultores de Veredinha (Aapiver) promoveram o 3º Workshop Apicultura em Rede no Vale, no Clube Florae de Itamarandiba. O evento teve início na última quarta-feira (29/03), com a feira e exposição abertas ao público, e encerrou nesta quinta-feira (30/03), com uma programação destinada aos apicultores e interessados em exercer a atividade apícola.

Alunos acompanham atentamente as explicações do apicultor Daniel.

Superando todas as expectativas de público, cerca de mil visitantes e apicultores de mais de 40 municípios do Vale do Jequitinhonha e região participaram do evento, que chegou à sua terceira edição em 2017. Prestigiaram o encontro o presidente da Federação Mineira de Apicultura (Femap), José Calazans, o prefeito de Veredinha, Edilson Nunes de Araújo, e o vice-prefeito de Minas Novas, Felipe Mota. O gerente do IBGE de Capelinha, Ederson Mourão; a analista de Projetos da Fiemg Viviane Assunção da Rocha, o gerente regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Wander Magalhães e o analista técnico do Sebrae Minas, Julian Rodrigues, também marcaram presença no Workshop Apicultura em Rede no Vale.

Representando o governo do Estado, o subsecretário de Desenvolvimento Rural Sustentável, da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Viriato Mascarenhas Gonzaga, destacou a importância da atividade apícola para o desenvolvimento do Vale do Jequitinhonha. “Atualmente, a apicultura está em plena expansão, especialmente no estado de Minas Gerais, que ocupa o 3º lugar no ranking brasileiro de produção de mel e derivados. Trata-se de uma atividade que promove a inclusão social, além de gerar emprego e renda”, ressaltou. “O agronegócio tem sido a sustentação da economia mineira e do país, nos últimos anos. Os municípios que investiram no agronegócio estão colhendo bons frutos, principalmente, o Vale do Jequitinhonha que conta com a Aperam BioEnergia e Fundação Aperam Acesita para a realização de iniciativas de apoio aos produtores familiares”, completou.

O evento é prestigiado por um grande público da região

O presidente da Fundação Aperam Acesita, Venilson Araújo Vitorino apresentou os resultados do projeto Apicultura em Rede no Vale e o direcionamento que o projeto ganha na sua segunda fase. “Trabalhamos para consolidar o Vale do Jequitinhonha como polo produtor de mel. Há dois anos criamos o projeto “Apicultura em Rede no Vale”, que visa fortalecer a rede de apicultores, para melhorar geneticamente a qualidade do mel. Agora, estamos começando a fase 2 desse projeto, que tem o objetivo de certificar os apicultores com o selo SIF (Serviço de Inspeção Federal), para que o produto seja comercializado da melhor maneira possível”, detalhou.

Autoridades do Estado e da região presentes no evento

Para o prefeito de Itamarandiba, Luiz Fernando Alves, as ações da Aperam BioEnergia e da Fundação Aperam Acesita para fortalecer a cadeia produtiva do mel têm ampliado as oportunidades de geração de emprego e renda na cidade. “Essa parceria com as associações de apicultores dos municípios do Vale do Jequitinhonha é fundamental para o desenvolvimento sustentável das várias famílias participantes do projeto de apicultura. O conhecimento adquirido e a qualidade de vida desses apicultores não existiriam sem o apoio da Empresa e da Fundação”, reconheceu.

Feira e exposição

Mais de 600 estudantes de escolas e moradores das comunidades de Veredinha e Itamarandiba visitaram a exposição no primeiro dia do Workshop Apicultura em Rede no Vale, que foi dividida em três estações. Quem passou pela primeira parte da feira pôde conhecer produtos apícolas, equipamentos para a atividade e parceiros do projeto acompanhados pelo apicultor Oliveira Rocha, da Apita. Na segunda ala, o apicultor Daniel Fernandes, da Apita, deu uma verdadeira aula sobre apicultura e meliponicultura (criação de abelhas sem ferrão). A exibição de um vídeo sobre o projeto encerrava as etapas de visitas.

Capacitações

Voltado para os apicultores e demais interessados na atividade apícola, o segundo dia do Workshop Apicultura em Rede no Vale levou ao evento palestras sobre temas específicos, para atender a demanda dos apicultores. O dia de atividades começou com a palestra do analista técnico do Sebrae Minas, Julian Rodrigues Silva, sobre “Empreendedorismo rural e otimização de ganhos na propriedade”. Também analista técnico do Sebrae Minas, Jeferson Rodrigues Batalha, abordou o tema mais esperado pelos participantes: “Tributações relacionadas à comercialização da atividade apícola”.

A programação contou com a presença do professor Carlos Alves, da Femap, que palestrou sobre “Melhoramento genético e ganho de produtividade”. O público presente também recebeu orientações do zootecnista do Senar Minas, Másio Magalhães, cujo tema discutido foi o “Combate do besouro da colmeia”. Representando a Cooperativa de Apicultores do Vale do Jequitinhonha (Coopivaje), Renato Alves de Souza, apresentou o “Entreposto do Vale do Jequitinhonha – Um bem de todos”.

O 3º Workshop Apicultura em Rede no Vale também contou com momentos de descontração com a intervenção cultural do José da Conceição Meira, o Zezim professor. A família do apicultor Vieira também encantou o público com belíssimo show musical de voz e violão.

Compartilhar:
plugins premium WordPress